TAG Heuer Carrera Calibre 5 Day-Date – funcional, elegante e tecnicamente perfeito

A coleção Carrera Calibre 5 foi lançada em 2014. O movimento utilizado no relógio é uma das versões dos calibres fabricados pela ETA/Swatch Group, possivelmente a 2836-2. Confiável, duradouro e de fácil manutenção.

O modelo Carrera Calibre 5 Day-Date apesar de seu estilo sóbrio, é, na minha opinião, um relógio social com alma esportiva. 

tag-h-caliber-5-day-date-front-blue-dial

A caixa de aço, com 41 mm de diâmetro, tem um acabamento discreto, acetinado nas laterais e aro polido. A coroa na posição das 3 horas é decorada com o logo da marca.

tag-h-caliber-5-day-date-blue-dial-detail

Nas duas imagens acima temos a versão com mostrador azul- referência WAR201E.FC6292.

Existe também na tonalidade prata opalino (silver opaline), referência  WAR201B.FC6291 – e preta opalino (black opaline), referência WAR201A.FC6266.

tag-heuer-carrera-calibre-5-day-date-silver-opaline-dial

tag-heuer-carrera-calibre-5-day-date-black-opaline-dial

A pulseira de couro de crocodilo, azul, marrom ou na tonalidade preta, possui fecho de segurança de aço com o logo da marca.

Ao invés de pulseira de couro, o relógio pode ser adquirido com bracelete de aço.

Note-se na imagem a seguir o acabamento acetinado intercalado com polido nos elos que formam o bracelete.

carrera-calibre-5-day-date-black-dial-with-steel-bracelet

Jack Heuer, bisneto do fundador da marca, Edouard Heuer, afirmou certa vez que a coleção Carrera diz tudo sobre legibilidade. Com efeito, no mostrador as informações são nítidas, precisas, harmonicamente dispostas.

O mostrador do relógio é protegido por cristal de safira com duplo tratamento anti-reflexo nas duas faces. 

O movimento mecânico, denominado como Calibre 5, possui carregamento de corda automático, reserva de marcha para até 38 horas. Possui também dispositivo para rápido ajuste da dia do mês ou da semana.

caliber-5-movement

Sua oscilação é de 28.800/hora ou 8 batimentos/segundo. 

Na imagem a seguir, o movimento mecânico visto através do cristal de safira. 

tag-heuer-carrera-calibre-5-day-date-case-back

Os relógios da marca se inserem no segmento luxury, com elevada tecnologia e qualidade dos materiais usados na fabricação.

Os calibres ou movimentos mecânicos da TAG Heuer, por sua vez, são de longa data classificados entre os melhores da indústria relojoeira suíça e mundial, pois uma das especialidades da marca, desde sua fundação em 1860, são movimentos com funções de cronógrafos, cuja produção é mais complexa do que os de movimento convencional ou mais simples.  

Preço: US$ 2.600 – no mercado americano, excluído de eventuais taxas.

Garantia: internacional e prazo de dois anos a partir da data de compra.

A TAG-Heuer possui sua boutique no 3º piso do Shopping Cidade Jardim – telef (11) 3552 1888, em São Paulo.

Check Also

Montblanc – chega ao Brasil o modelo TimeWalker Chronograph Automatic com caixa de ouro

Modelo integra a nova TimeWalker Collection, que presta homenagem à extraordinária herança da Minerva no …

6 comentários

  1. Jarlan Barroso Botelho

    Caro Fábio Anderaos.
    Muito boa a matéria sobre o TAG Heuer Calibre 5. De fato, é um relógio bonito, elegante e versátil, pois pode ser utilizado em qualquer a ambiente. Ocorre que no início da matéria é informado que ele é montado em torno de um calibre fabricado pela própria TAG Heuer, o que, ao que me parece, não está correto, pois o calibre utilizado por esta linha de relógios da TAG utiliza os bons e confiáveis calibres da ETA, mais precisamente o 2824-2 (que possui as indicações do dia da semana e da data). É exatamente o mesmo calibre utilizado pela Tissot no Visodate Heritage. O calibre é excelente, mas não justifica o preço cobrado pelo relógio, tendo em vista que o citado Tissot sai por meros R$3.000,00 (três mil reais) nas joalherias de todo o País.
    Parabéns pelo excelente site.
    Cordial abraço.
    Jarlan B. Botelho

  2. Fabio A de Araujo

    Prezado Dr Jarlan,
    Grato pelos seus oportunos comentários.
    Estou em contato com a TAG Heuer para obter mais informações sobre o calibre 5.
    Tão logo eu obtenha os detalhes, responderei sua mensagem com mais propriedade.
    Abs,
    Fabio/Editor

  3. Fabio A de Araujo

    Sr Jarlan,
    Bom dia.
    Obtive a informação sobre o calibre 5 diretamente da TAG Heuer em La Chaux-de-Fonds/Suíça, que respondeu minha questão em menos de 24 horas. Trata-se de uma versão do movimento da ETA/Swatch Group, mas não foi especificado se é o 2824-2. Creio que seja o 2836-2. De qualquer modo, um movimento robusto e confiável. Por outro lado, farei duas alterações no texto da matéria: a palavra desenvolvimento não foi adequada. Embora eu não tenha afirmado que se trata de um movimento in-house, sugere que o movimento/calibre foi fabricado pela TAG-Heuer, o que não é verdade. A segunda alteração refere-se ao preço em Reais, uma vez que a valorização do Real frente ao dólar americano permitiu uma redução nominal do preço para o consumidor brasileiro. Vou informar o preço do relógio em dólares no mercado americano (US$ 2.600).

  4. Fabio A de Araujo - Editor

    Prezado Dr Jarlan,

    O sr Freddy Rabat, brand manager da TAG Heuer no Brasil e profundo conhecedor da indústria relojoeira e também de objetos e artefatos de escrita, pois foi o responsável pela introdução da marca Montblanc no Brasil, encaminhou à The Mechanical Watch uma esclarecedora exposição sobre o uso dos movimentos mecânicos mais utilizados pela indústria relojoeira suíça e por várias marcas de relógios de outros países, demonstrando o compromisso da marca TAG Heuer em esclarecer dúvidas formuladas em relação aos seus produtos .

    A seguir, reproduzo o texto encaminhado hoje pelo sr Freddy Rabat.

    “O leitor tem razão. O Calibre 5 não é um movimento in-house como são o Calibre 1887, o Heuer 01 e o Heuer 02, entre outros da TAG Heuer. Ele é comprado de outros fornecedores e modificado dentro de nossa fábrica assim como diversas marcas o fazem incluindo a Tissot, a Bulgari, Hublot, Oris, entre várias outras que usam mecanismos ETA ou Sellita em seus relógios. As modificações feitas nestes movimentos e a qualidade de todo o restante do relógio impactam na formação de preço observando que um relógio não é feito apenas de seu movimento básico e sim de muitos componentes que vão muito além disto, podendo encarecê-los ou não como observado nas mais variadas vitrines. Um Pagani Zonda, por exemplo, leva o mesmo motor de uma Mercedes Benz 4 portas, mas são 2 carros completamente diferentes por preços completamente diferentes.

    Quanto às variações entre um movimento ETA e Sellita podemos dizer que o Sellita SW 200 é um “clone” do ETA 2824-2, produzido já há vários anos, desde que a patente do ETA 2824-2 se tornou pública (cerca de 8 anos). A Sellita é uma “assemblage” terceirizada da ETA, que fabricava partes do “chassis” dessas máquinas, fazia acabamentos, etc… Com o anúncio há mais de uma década do Hayek (sênior) que o Swatch Group pararia de fornecer ébauches (mecanismos incompletos para serem terminados pelas montadoras) para marcas de fora do grupo, somada a possibilidade de produzir cópias dos confiáveis ETA, a Sellita encontrou a oportunidade de fabricá-los e virar um fornecedor justamente para as marcas excluídas pelo Swatch Group.

    A TAG Heuer está entre essas marcas que eram consumidoras dos ETA e com o término do fornecimento pela ETA passou a ser abastecida pela Sellita, pois era o caminho mais prático e mais viável em todos os pontos de vista, já que os mecanismos são 100% compatíveis (embora alguns componentes individuais não sejam totalmente compatíveis), ou seja, no caso específico do Calibre 5, bastava parar de usar o ETA 2824-2 e colocar no lugar o SW 200 sem precisar adaptar nada, sem mudar caixa, mostrador, ponteiros, nada. Tira-se um e coloca o outro.

    Portanto, respondendo à pergunta, os Calibre 5 eram ETA 2824-2 e ao acabarem os estoques (estimo que já há uns 5 anos) a TAG Heuer passou a usar o Sellita SW 200 para o Calibre 5. Idem para o Calibre 16 (o cronógrafo), sendo que era o ETA 7750 e foi substituído pelo Sellita SW 500.

    Uma das primeiras marcas a adotar os Sellita no lugar dos ETA foi a Oris. A Hublot usa Sellita (especialmente SW 300, que substitui o ETA 2892A2, a Zenith chegou a apresentar um modelo de entrada com Sellita SW 300, para ser mais barato que os Elite, mas não sei se chegaram ao mercado. A Bulgari também usou um pouco de SW 300 no lugar do ETA 2892A2, mas na maioria dos casos optou por outras alternativas aos ETA (Soprod, por exemplo).

    Por razões provavelmente contratuais, sei que três grandes consumidoras de ETA continuaram os usando até hoje praticamente, e só agora estão substituindo estes por calibres próprios, e não Sellita. São elas IWC, Breitling e Ulysse Nardin. Pelo menos é o que me recordo.

    Estou à disposição para ajudar com outras possíveis dúvidas que possam surgir.”

    Um grande abraço,
    Freddy Rabbat

  5. Jarlan Barroso Botelho

    Caro Fábio A. Araújo.
    Muito obrigado a você e ao Sr. Freddy Rabbat pelos valiosos esclarecimentos. Um dos motivos (se não o principal) do sucesso de um profissional é a transparência em sua atividade. Isso somado a humildade, presteza e atenção para com o seu cliente/leitor/consumidor, credencia o profissional no mercado e o torna uma referência em sua área. Vejo que tanto você como o Sr. Freddy são esse tipo de profissional que orgulham e credenciam a atividade que desenvolvem. Obrigado e parabéns pelo excelente trabalho. Se antes eu era apenas mais um leitor, passo a ser um fã.
    Jarlan B. Botelho

    • Fabio A de Araujo - Editor

      Dr Jarlan,

      Mais uma vez grato pelo seu novo comentário. É sempre um prazer receber e ter seus comentários publicados no site. Suas observações são sempre pertinentes e mostra que o consumidor brasileiro mais bem informado está bastante atento sobre a evolução da indústria. O importante é ter uma opinião, argumentar e trocar ideias sobre a qualidade dos produtos oferecidos pela indústria relojoeira.
      Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *